| Home | links do setor | associados | diretoria |

Eleição dos sapateiros: ânimos continuam exaltados

Quinta-feira, 24 de Agosto de 2006
Comércio da Franca

As eleições que elegeram a nova diretoria do Sindicato dos Sapateiros terminaram há 15 dias, mas o ritmo de disputa e clima tenso continuam. Na segunda-feira o líder da chapa 2, Milton da Silva, registrou boletim de ocorrência contra pessoas ligadas diretamente ao seu adversário e eleito na disputa pelo sindicato, Paulo Afonso Ribeiro. Após um bate-boca na Sede do Sindicato e com intervenção policial, os ânimos se acalmaram.

Milton registrou BO de preservação de integridade física.
Segundo ele, duas pessoas que trabalharam como seguranças na campanha de Paulo Afonso debocharam e o ameaçaram na porta do sindicato. “Eles já haviam me ameaçado quando a chapa 1 (de Paulo Afonso) venceu as eleições. Só estou me defendendo”, disse Silva.

O boletim foi lavrado contra Carlos André Souza e André Ribeiro Santos. Os dois atuam no MLST (Movimento de Libertação dos Sem-Terra) e apóiam a candidatura de Paulo a deputado estadual. Eles disseram que Milton se sentiu incomodado com o fato de eles estarem conversando e rindo enquanto esperavam Paulo Afonso para uma plenária e alegaram desconhecer as ameaças.

Milton da Silva disse também que acionará o departamento jurídico do sindicato para avaliar se foi correta a atitude do seu adversário em ter utilizado a sede da entidade para plenária política. Foi na plenária, realizada na noite de segunda-feira, que Paulo anunciou sua desistência de concorrer às eleições de outubro.

 


Copyright © 2002 Sinacouro. Todos os direitos reservados