| Home | links do setor | associados | diretoria |

Reforma trabalhista

10/11/2017

Começa a valer no sábado (11) a reforma trabalhista, que muda direitos e deveres de trabalhadores e empresas privadas (a maioria dos funcionários públicos fica de fora). Há dúvidas se todas as regras vão se aplicar a quem está já estava trabalhando antes. Leia e entenda o que vai acontecer na sua vida a partir de agora.
Estas são algumas das mudanças:
◾Acordo entre empresa e sindicato vale mais que a lei, mas há exceções (saiba quais clicando aqui)
◾As férias vão poder ser divididas em até três períodos
◾Banco de horas poderá ser feito por acordo individual
◾O tempo para almoçar poderá ser reduzido para 30 minutos
◾Funcionários poderão ser contratados sem hora fixa e ter salário variável
◾Qualquer um vai poder trabalhar 12 horas seguidas e descansar 36 horas
◾Grávidas e mulheres amamentando vão poder trabalhar em lugares perigosos
◾Demissão pode ser por acordo, e o trabalhador ganha menos FGTS
◾Trabalho de casa fica regulamentado e tem de constar do contrato
◾Acaba o pagamento do imposto sindical anual
◾A terceirização já estava valendo desde março, mas a reforma até traz uma proteção ao trabalhador (quem é demitido só pode ser terceirizado para a mesma empresa 18 meses depois)
◾Aumenta o rigor para entrar com uma ação trabalhista, e o trabalhador que perder uma ação também poderá ser obrigado a pagar as custas dela


Fonte-Uol Economia

clj


Copyright © 2002 Sinacouro. Todos os direitos reservados